Resenha: A Sangue Frio

23 abr

A resenha de hoje é sobre um livro que eu li na faculdade e que – entre tantos outros que me marcaram nessa fase -, ficou gravado em minha memória.

A Sangue Frio, de Truman Capote, foi publicado em 1966 e relata detalhes sobre o assassinato brutal de uma família no interior do estado de Kansas, nos Estados Unidos.

A ideia para escrever o livro surgiu quando Capote leu uma nota em um jornal que noticiava o assassinato da família Clutter em 1959. O resultado de suas apurações foi publicado em quatro partes na The New Yorker.

Leia a seguir a sinopse do livro:

O americano Truman Capote foi um escritor versátil: produziu textos de qualidade em vários gêneros (contos, peças, reportagens, adaptações para TV e roteiros para filmes). Mas sua grande obra foi o romance-reportagem A Sangue Frio, que conta a história da morte de toda a família Clutter, em Holcomb, Kansas, e dos autores da chacina.Capote decidiu escrever sobre o assunto ao ler no jornal a notícia do assassinato da família, em 1959. Quase seis anos depois, em 1965, a história foi publicada em quatro partes na revista The New Yorker. Além de narrar o extermínio do fazendeiro Herbert Clutter, de sua esposa Bonnie e dos filhos Nancy e Kenyon – uma típica família americana dos anos 50, pacata e integrada à comunidade -, o livro reconstitui a trajetória dos assassinos.Perry Smith e Dick Hikcock planejaram o crime acreditando que se apropriariam de uma fortuna, mas não encontraram praticamente nada. Perry era um sonhador. Teve criação conturbada e violenta, e achava que a vida lhe tinha dado golpes injustos. Dick, considerado o cérebro da dupla, queria apenas arrebatar o dinheiro e desaparecer.Presos e condenados, ambos morreram na forca em 1965. Publicado no mesmo ano da execução dos assassinos, A Sangue Frio rapidamente se tornou um sucesso de crítica e vendas, rendendo alguns milhões de dólares ao autor.A intensa relação que Capote estabeleceu com suas fontes foi determinante para o êxito da obra. Além de passar mais de um ano na região de Holcomb, investigando e conversando com moradores, ele se aproximou dos criminosos e conquistou sua confiança. Traçou um perfil humano e eloqüente dos dois meninos, como costumava chamá-los.Por seu estilo que combina a precisão factual com a força emotiva da criação artística – um romance de não-ficção, nas palavras do próprio autor -, A Sangue Frio é um marco na história do jornalismo e da literatura dos Estados Unidos. Reflexão sutil sobre as ambigüidades do sistema judicial do país, o texto desvenda o lado obscuro do sonho americano.

Ficha Técnica (Lojas Americanas):

Título: A Sangue Frio
Autor: Truman Capote
Editora: Companhia das Letras
ISBN: 8535904115
Páginas: 440
Edição: 1
Tipo de capa: Brochura
Ano: 2003
Idioma: Português

Conheça algumas capas do livro:

a-sangue-frio asanguefrio2 livro_a_sangue_frio_2edicao livro-a-sangue-frio-truman-capote_MLB-O-235654538_1094 tc

Minha opinião:

Quando eu comecei a ler A Sangue Frio, estava meio traumatizada pela última leitura que os professores haviam passado: “Chatô, O Rei do Brasil”, de Fernando Morais. Algum dia eu farei uma resenha contando lamuriando essa leitura tão importante cansativa para vocês!

Mas voltando ao Capote, eu iniciei a leitura meio empurrada. E no começo do livro é tudo muito chato de ler porque em alguns momentos Capote é muito detalhista, dando o tipo de descrição que torna a dinâmica de leitura mais lenta e cansativa. Mas conforme você vai conhecendo não apenas os eventos que antecedem a morte de cada membro da família Clutter, como também o passo a passo dos assassinos, você acaba se empolgando na leitura e então, quando percebe, o livro já acabou.

Acabou e deixou você com terríveis pesadelos!

Não sei vocês, mas quando eu assisto um filme de terror não fico com medo porque eu sempre digo para mim mesma que aquilo não foi real, que para fazer o monstro ou assombração foi preciso uma equipe de maquiagem por trás e nas cenas de morte são dublês e próteses que simulam membros cortados. Mas quando eu assisto programas policiais, daqueles que dão ênfase a cada detalhe de um assassinato como se fosse o evento mais espetacular do ano, acabo não conseguindo dormir à noite.

E com o livro A Sangue Frio foi assim. Por mais que algumas pessoas digam que essa obra foi uma fraude de Truman Capote, eu acabei ficando impressionada com o relato desse crime que chocou a sociedade americana na época. Só para vocês entenderem, a cidade onde tudo acontece é no interior de um estado que já é considerado interior pelos americanos, e é uma época onde tudo é pacato e pacífico.

Não vou dar spoilers sobre os motivos – que para mim não são motivos – dos assassinos e nem como os membros são mortos. Mas tudo acontece de maneira tão brutal que parece até surreal. Quando eu terminei de ler o livro, fiquei questionando até que ponto o ser humano é capaz de ir por motivos tão frios e inexplicáveis.

Mas apesar dos pesadelos, esse livro foi muito marcante na minha formação acadêmica porque me mostrou como é a estrutura de uma  reportagem literária e me fez entender melhor o que é o romance não ficcional, que alguns consideram um divisor de águas para o chamado Novo Jornalismo.

Para quem gosta dessa pegada policial, é um livro que eu super indico porque, como eu já disse, é rico em detalhes dos eventos que levam ao assassinato e também porque, ao contrário de tudo o que você já deve ter lido do gênero policial, é algo que aconteceu de verdade, com pessoas de verdade, e isso torna tudo muito mais vívido e emocionante.

3a SmithHickockS

Os assassinos, Richard Hickock e Perry Smith, em fotografia quando foram capturados

familiaclutter1

As vítimas (em sentido horário): Herbert Clutter, Bonnie Clutter, Kenyon Clutter e Nancy Clutter

Garden City Telegram bx

Jornal regional noticiando o assassinato da família Clutter

 

Leia também:

“A Sangue Frio errou, e daí?” – Revista Veja

“A Sangue Frio, romance de Truman Capote, é uma farsa jornalística?” – Revista Bula

“Policial americana quer reabrir caso ligado ao livro A Sangue Frio” – Portal G1

Sites pesquisados:

Lojas Americanas

Globo – Portal G1

Infoescola

 

4 Respostas to “Resenha: A Sangue Frio”

  1. Bárbara 13 de outubro de 2013 at 23:11 #

    Ótima postagem, adorei as fotos.

    • fanieoliveira 14 de outubro de 2013 at 2:11 #

      Obrigada Bárbara! Que bom que gostou da postagem e das fotos!!! *0*

      Abraços, Fanie Oliveira

  2. ale shimomoto 3 de novembro de 2013 at 22:07 #

    Ola tenho o primeiro livro publicado com a capa original se 1965 se interessar te envio a foro da capa ….e a original da primeira edição raridade

    • fanieoliveira 4 de novembro de 2013 at 0:57 #

      Olá Ale Shimomoto!
      Que raridade mesmo!!!! 0.o Você pode realmente me enviar? Postarei na coluna “Na Sua Estante” e, se quiser escrever quais foram suas impressões sobre a leitura dessa obra tão marcante de Truman Capote, postarei junto com a foto dando-lhe os devidos créditos! Afinal, uma raridade dessas merece ser divulgada e compartilhada com os amantes de bons livros!!!
      Muito obrigada pela participação e aguardo o retorno!
      Abraços!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Quatro Notas

E algo mais...

BOOK GRAPHICS

A busy author's best friend

Pilhas de Livros

Livros, filmes e tudo sobre quase tudo

everythingofnothing

tudo o que se cala, se transforma...

Camafeu da Lia

O Diário de Uma Águia Francesa

Fome de Leitura

Resenhas de livros, indicações e tudo para quem, assim como nós, adora devorar um livro!

Revista Marabá

Tudo o que envolve cinema e ações que incentivam o gosto pela sétima arte

Espartilho

Entendendo o universo feminino

Agredindo Papel em Branco

Bombas radioativas nos versos.

Brunices

Livros, séries, filmes, música, e tudo o mais que a minha cabeça quiser e inventar :D

deixadenerdice

e vamos tomar uma cerva?

Livros & Adaptações

© Textos originais ou creditados. Permitidas apenas cópias com os devidos créditos.

WordPress.com News

The latest news on WordPress.com and the WordPress community.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: